5/22/2005

"Inesperadamente" Reapareceu Perto De Mim

Cristo mal tive tempo de arrefecer e de me habituar a esta nova serenidade.
O raio do homem regressou do Senegal. Desta vez irritei-me e dirigi-me até à sua residência para lhe pedir satisfações. À porta um gigante segurava-lhe a calma aparente. Perguntei por ele e ouvi: Está a descansar, a dormir. Estremeci de raiva.O que é que ele quer agora. Estava à espera que já não voltasse. Na rua, o aparatoso dispositivo masculino seguia-me sem sequer ter de me olhar.Por hoje chega.Vou deixar de lhe ligar.
Haja o que Houver estou Off Line.

Patrícia
Free Counters
Free Hit Counters